Jornal SBCJ 14 - page 3

A
Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho
é hoje uma das maiores sociedades de
subespecialidades do mundo. Somos 1.269
membros, todos certificados por meio de uma
rigorosa seleção teórica e prática realizada aos
moldes da SBOT.
Somos também uma Sociedade que está se
rejuvenescendo com o passar dos tempos. Mais de
60%dos nossosmembros estãoentre30e45anos de
idade.Pensandonisso,aatualdiretoriacriouoprojeto
Joelho sem Fronteiras, que visa proporcionar, com
nossos próprios recursos financeiros, intercâmbios
internacionais para os jovens“joelhistas”em grandes
centros mundiais de cirurgia do joelho.
Para viabilizar esse projeto, formamos uma
ComissãodeMobilidadeInternacional(CMI),queserá
composta por um diretor da SBCJ e por dois colegas
com trânsito internacional tanto nos Estados Unidos
quanto na Europa. Eles serão responsáveis por definir
períodosdeestágionosserviçosescolhidosecritérios
de seleção para os participantes do intercâmbio. Esta
comissão terá sempre na presidência um membro
da diretoria executiva da
SBCJ e será renovada,
quando necessário, a
cada dois anos.
Oscolegasconvidados
para gerir a Comissão de Mobilidade Internacional
foramMarco Demange e Vitor Barion de Pádua,
profissionais
de
reconhecida
capacidade
científica e com relacionamento com serviços de
Boston e Lyon, respectivamente. E,
da diretoria da SBCJ, o meu nome
foi o escolhido para esse primeiro
período. Nosso propósito é fazer
a transição de gerações dentro
de nossa Sociedade, procurando
manter sempre seu alto padrão científico. As
decisões da CMI somente serão executadas após
aprovação de toda a diretoria da SBCJ.
Por meio de boletins informativos e de nosso
site, divulgaremos, oportu-namente, os períodos
dos estágios internacionais e os critérios de seleção
aos membros que se escreverem e se qualificarem
para participar. Esperamos que esse projeto seja um
marco para nossa Sociedade e para nossos colegas.
É a nossa Sociedade investindo no seu futuro
científico e em seus jovens membros!
José Francisco Nunes
3
Joelho semFronteiras é o programa
voltado aos jovens cirurgiões
Comissão de Mobilidade Internacional
A
Sociedade Brasileira de Cirurgia
do Joelho aprovou a criação da
CET (Comissão de Ensinamento e
Treinamento). O intuito é organizar,
formular e realizar a prova de ingresso
de novos membros na Sociedade,
e também de auxiliá-los na relação
educacional com os serviços
responsáveis pelos treinamentos.
A Comissão foi aprovada em
fevereiro deste ano e é composta
por quatro membros indicados pela
diretoria da SBCJ e mais um membro
responsável por presidir a CET.
Os membros convidados são Dra.
Camila Cohen Kaleka, de São Paulo,
Dr. Alan de Paula Mozella, do Rio de
Janeiro, Dr. Valdecir Volpato Carneiro,
de Curitiba, e Dr. Vinicius Aleluia, de
Salvador. O cargo de presidente da
CET ficou com Dr. André Kuhn, 1
o
Tesoureiro da SBCJ.
O mandato será de quatro anos,
sendoquenestaprimeiracomposição
da CET dois membros serão
substituídos ao final do segundo
ano para que ocorra a alternância de
componentes de dois em dois anos.
“A criação da Comissão é a prova de
que estamos sempre buscando por
melhorias. É um grande passo para
consolidar ainda mais a Sociedade
Brasileira de Cirurgia do Joelho
e ter conosco novos profissionais
altamente capacitados”, declara
Dr. Kuhn.
CET cuidará da prova para
ingresso de novos membros
Marco Demange, José Francisco Nunes e Vitor Barion de Pádua, responsáveis pela Comissão de Mobilidade Internacional
O presidente André Kuhn (ao centro) comos integrantes da Comissão de Ensino
eTreinamento reunidos para discutir as ações a serem implantadas
Comissão de Ensino e Treinamento
1,2 4,5,6,7,8
Powered by FlippingBook